quarta-feira, 6 de setembro de 2006

TODAS AS LETRAS

Esta letra ainda não está totalmente pronta... Mas resolvi colocá-la na mira dos olhares atentos (e também dos incautos) que passeiam por esse blog, só pra ver no que dá.


Todas as letras

Como é que posso esquecer seu rosto?
Todas as letras da nossa canção?
Se o seu amor ainda é uma seta
Atravessada no meu coração

Meu coração que batia depressa
Vontade e ânsia de te encontrar
Pra te trazer de novo pra essa festa
Que guardo -muda- dentro do olhar

Como é que eu posso esquecer seu gosto?
Se seu desgosto carrego nas mãos
Que vivem cheias desta tua ausência
Para sempre atadas pela solidão

3 comentários:

Tainah disse...

Ahhh... Que lindo!!!
Mas pode ser triste também para quem já teve ou tem que esquecer alguém que ama.
Triste... impossível... doloroso!
Amar menos, bem menos, para sofrer menos quando tudo tem que acabar.

Raul disse...

Ótima letra, Alves. Merece acordes dissonantes em violão de nylon, pra ficar impecável.

Me faz lembrar da velha lição de que é preciso descobrir primeiro o que é amor, pra depois dizer que se ama alguém. De mãos atadas pela solidão talvez a gente aprenda...

Sam disse...

Uma letra rasca coração, eu diria...