terça-feira, 14 de novembro de 2006

Mensagem



Incrível como as canções de protesto do ano de 1933 ainda fazem sentido hoje, 73 anos depois. Descobri esse samba num disco do Chico chamado "Sinal Fechado" que comprei por R$10,90 nas Americanas (salve Americanas!) . Ainda quero ouvir a versão original cantada pelo próprio Noel que deve ser incrível, mas pra quem não conhece, vale a pena correr até unidade das Lojas Americanas mais próxima e pegar esse tesouro.


Filosofia
Noel Rosa

O mundo me condena, e ninguém tem pena
Falando sempre mal do meu nome
Deixando de saber se eu vou morrer de sede
Ou se vou morrer de fome
Mas a filosofia hoje me auxilia
A viver indiferente assim
Nesta prontidão sem fim
Vou fingindo que sou rico
Pra ninguém zombar de mim
Não me incomodo que você me diga
Que a sociedade é minha inimiga
Pois cantando neste mundo
Vivo escravo do meu samba, muito embora vagabundo
Quanto a você da aristocracia
Que tem dinheiro, mas não compra alegria
Há de viver eternamente sendo escrava dessa gente
Que cultiva hipocrisia

9 comentários:

Nine disse...

"Que tem dinheiro, mas não compra alegria... Há de viver eternamente sendo escrava dessa gente, que cultiva hipocrisia"

Santa sabedoria!


Olá Raul! =* =)

Pri =) disse...

Oi Raul! nossa, lindos versos! Estou passando pra conhecer seu cantinho mas nao podeia deixar de comentar isso q vc postou! Salve salve mestre Noel! beijinhos!

Sam disse...

Eu tenho, eu tenho! E tb comprei nas Americanas, rs. Beijos, Raul!

ferdi disse...

Ao mesmo tempo que é lindo, é angustiante ver que nada mudou.
Ah, eu amo aquelas banquinhas de CD das Lojas Americanas!
Bjos!

Raul disse...

Realmente né? Essa idéia de pegar títulos antigos e recolocá-los à venda está me dando de condição de montar uma cdteca respeitável aqui em casa...

Então Sam, como você também tem o disco, pode comprovar:esse samba é demais ou não é?

Alves disse...

Salve, salve, Noel... Ontem em mais uma "noite suja" fui guiado pelo som de Luis Melodia, tb destes comprados nas americanas. Eh, eh...
Ah, Raul... Não esquece do violão amanhã, heim!

Paula Ribeiro disse...

salve as americanas, que são praticamente um emule com encarte.

linda a música, claro.

beijos

kiki disse...

Sim, salve Americanas! E imaginei q a Sam tbm tivesse esse cd!! =D

Eu não tenho, mas ainda dá tempo, não dá?! =)

Samba mais que atual.

beijo

Raul disse...

Ótima definição, Paulinha! he he he