domingo, 3 de dezembro de 2006

Skank, pra dourar o Domingo...



Mil Acasos
Samuel Rosa e Chico Amaral

Mil acasos me levam a você
O sábado, o signo, o carnaval
Mil acasos me tomam pela mão
A feira, o feriado nacional
Mil acasos me levam a perder
O senso, o ritmo habitual
Mil acasos me levam a você
No início, no meio ou no final
Me levam a você
De um jeito desigual
Mil acasos apontam a direção
Desvio de rota é tão normal
Mil acasos me levam a você
No mundo concreto ou virtual
Me levam a você
De um jeito desigual
Mil acasos me levam por aí
Na espuma do tempo, no temporal
Mil acasos me dizem o que sou
Ateu praticante, ocidental
Me levam a você
De um jeito desigual
Quem sabe, então, por um acaso
Perdido no tempo ou no espaço
Seus passos queiram se juntar aos meus
Seus braços queiram se juntar aos meus

13 comentários:

Raul disse...

He he, bela escolha meu velho. Pra dizer a verdade essa foi a música do carrossel que eu demorei mais pra assimilar. Nem gostei muito no começo...mas hoje, você sabe, a história é outra.

Abraço!

Raul disse...

Falando nisso...cadê meu CD?

...he he

Alves disse...

Seu cd foi doado para uma instituição de ajuda humanitária não me lembro bem o nome... Acho que alguma coisa como "Alves free
music",acho...
eh,eh!

Raul disse...

agrrh!!! Traidor!

Paula Ribeiro disse...

essa música é boa! letra linda.

para raul: se você ler o 'pequeno' texto lá no blog, vai entender direitinho o concurso. adianto que não é tema livre; deve ser inspirado num trecho do calvino, que está no texto já citado, rs.

beijos

Alves disse...

Ei, Raul... vc ainda não me falou o achou do "Ê Batumaré", grande clássico do nosso amigo Hebert Vianna... Tô achando que vc achou ele meio igual ao "Severino", outro grande disco dos Paralamas e que vc não gostou muito...
Dica: Na próxima semana vê se ouve "Ê Batumaré" e esquece "Carrossel",que esse tá por minha conta, falou seu modafacar!!
eh,eh!!

Alves disse...

Ah, modafacar... Tudo bem que isso é lá do Vizinho da Besta, mas como já dizia a vovozinha: Neste mundo nada se cria, tudo se copia!
Já viu isso,tréplica antes da réplica?

Raul disse...

He he...seu proxeneta!
Eu gostei pra cacete do "Ê Batumaré" velho. Ouvi ele o domingo todo. Apesar da qualidade técnica de gravação ser bem inferior aos outros álbuns, são ótimas canções.

Alves disse...

Cara chato...eh,eh

Sam disse...

Fiquei com vontade de ouvir a música...

Alves disse...

Mil Acasos, Sam...

Fernanda disse...

ADORO! Gosto mais do Skank a cada novo disco.
Bjos!

Alves disse...

Comigo é a mesma coisa, Fernanda...